URUGUAIANA JN PREVISÃO
Indicadores criminais

Latrocínios aumentaram em 150%

Um ano depois de atingir o menor número desde o início da contabilização, em 2002, com dois crimes, o número de latrocínios aumentou 150% do mês de outubro. Foram três casos de roubo com morte a mais que o mesmo mês do ano passado. Apesar de ser considerado um crime contra o patrimônio, o latro-cínio é um dos crimes mais graves e de maior pena, pois lastima fatalmente a vítima. 

A Secretaria de Segurança Pública diz que não há como apontar uma razão principal para o maior número de ocorrências em outubro deste ano frente ao ano passado, uma vez que o crime depende de uma série de fatores circuns-tanciais - possível reação da vítima, ação surpreendida por testemunhas, consciência do assaltante alterada por uso de entorpecentes e até mesmo eventual nervosismo do criminoso, entre outros.

Das cinco ocorrências do mês passado, em três não só há suspeitos detidos como os inquéritos já foram concluídos com indiciamento e remetidos ao Mi-nistério Público para oferecimento da denúncia. Em um quarto caso, o inquéri-to está em fase final, mas também já há suspeito preso. No quinto a autoria ainda não foi identificada.

Ainda conforme a Secretaria, a alta não altera o cenário de queda no acumu-lado do ano, com 59 roubos com morte entre janeiro e outubro de 2019 contra 55 em igual intervalo de 2020.


Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181