URUGUAIANA JN PREVISÃO
Flagrante

Homem é preso após assediar criança de dez anos em supermercado

Acusado chegou a pagar a fiança, mas antes que pudesse deixar a Delegacia acabou novamente preso, dessa vez por violência doméstica contra a esposa.

Um homem de 53 anos foi preso em flagrante na noite de terça-feira, 1/12, por assediar uma criança de dez anos em frente a um mercado. Ele também responderá por violência doméstica, visto que sua mulher procurou a Polícia Civil e contou que foi agredida. 

O homem estava abordou a criança do lado de fora do supermercado, localizado na Rua Benjamin Constant, bairro São João, onde ela aguardava o avô fazer compras. O suspeito teria perguntado se ela estava sozinha e lhe oferecido doces. Populares que estavam próximos do local acharam estranha a aproximação do homem, acionaram a Guarda Civil Municipal e seguraram o suspeito até a chegada da Ronda Ostensiva Municipal Urbana (Romu).

De acordo com os guardas, a criança estava assustada e chorando, acompanhada por uma testemunha. Enquanto a Guarda Municipal entrevistava as testemunhas, o avô da menina saiu do supermercado, vindo a tomar conhecimento do que ocorria.

As partes foram levadas à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde o delegado plantonista, Vinícius Nahan, o autuou em flagrante delito pelo crime de assédio de criança para praticar fins libidinosos, previsto no art. 241-D do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Cabia fixação de fiança, que f oi arbitrada em R$ 1 mil e paga pelo acusado, dando a ele o direito de responder pelo crime em liberdade.

No entanto, enquanto o flagrante era lavrado, a mulher do suspeito chegou à Delegacia para prestar queixa contra ele por agressão, solicitando ainda as medidas protetivas. Ela estava acompanhada do filho, que presenciou os atos do pai e apresentava hematomas. Uma nova prisão em flagrante foi determinada pelo Delegado, mais uma vez cabendo fiança. Esta foi arbitrada em R$ 2,5 mil, mas não foi paga pelo suspeito, que foi levado à Penitenciária Modulada Estadual de Uruguaiana.

A investigação acerca da violência doméstica será comandada pela delegada Caroline Bortolotti Huber, na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). Já o inquérito policial que trata do crime de assédio será comandado pelo delegado Vinícius Nahan, na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).


Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181