URUGUAIANA JN PREVISÃO
Epicovid19

Nova etapa de testes para o coronavírus no RS iniciará nesta sexta-feira

Uruguaiana recebe a partir desta sexta-feira, 09/4, a nona etapa de entrevistas e testes para o coronavírus que integra o estudo de evolução de prevalência de infecção por Covid-19 no Rio Grande do Sul.

Foto: Divulgação

Uruguaiana recebe a partir desta sexta-feira, 09/4, a nona etapa de entrevistas e testes para o coronavírus que integra o estudo de evolução de prevalência de infecção por Covid-19 no Rio Grande do Sul.

Entre os dias 9 e 12 de abril, sob coordenação do Instituto Pesquisas de Opinião (IPO), os profissionais voluntários da área da saúde visitarão quinhentos domicílios, em nove cidades gaúchas, e convidar os moradores a fazer o teste para o coronavírus.

Coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) em parceria com o Governo do RS, o Epicovid19-RS, é uma pesquisa que levanta o número de casos de coronavírus na população do estado, incluindo pessoas sem sintomas. 

Os dados mais recentes, divulgados no final de fevereiro, estimam que mais de 1,13 milhão de pessoas já tenham sido infectadas. Isso equivale a um a cada dez habitantes do Rio Grande do Sul.

A série de coleta de dados teve início em abril de 2020 e chegará à décima etapa no próximo fim de semana. Sendo assim, o Epicovid19-RS se torna o único estudo no mundo a realizar dez etapas de acompanhamento da prevalência de coronavírus na população das mesmas cidades, proporcionando um registro histórico com base em evidências científicas desde o início da pandemia no estado. 

Segundo a epidemiologista Mariângela Silveira, que integra a coordenação do estudo na UFPel, "O Epicovid19 auxilia muito em obtermos uma perspectiva real de quantas pessoas já desenvolveram anticorpos contra esta infecção no estado". 

"É muito importante que as pessoas aceitem o convite para participar da pesquisa, mesmo que saibam que estão ou já estiveram infectadas pelo vírus. Em caso de dúvida, os moradores podem entrar em contato com a Guarda Municipal ou Brigada Militar para obter informações sobre as visitas às casas", completa Silveira.

Com o processo de vacinação em curso, o epidemiologista e líder do estudo, Pedro Hallal, aponta a importância de conhecer o número de pessoas com anticorpos - quer tenham sido adquiridos via infecção ou pela vacina. "Vamos ter a oportunidade, também, de verificar a presença de anticorpos em função da imunização na população já vacinada", complementa.

A pesquisa é feita em cada município do estudo e a seleção das residências e dos moradores que irão fazer o teste para o coronavírus ocorre por meio de um sorteio aleatório, utilizando os setores censitários do IBGE como base. Para o exame, os profissionais de saúde coletam amostra de sangue por meio de um pique na ponta do dedo do participante. 

Desenvolvido em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o método utilizado é um teste do tipo Elisa (sigla em inglês para ensaio de imunoabsorção enzimática), que apresenta alta sensibilidade para detectar anticorpos da Covid-19 mesmo em casos mais antigos de infecção. Além desse teste, o participante responderá a algumas perguntas sobre a ocorrência de sintomas relacionados à Covid-19, busca por assistência médica, vacinação e rotina das famílias em relação às medidas de distanciamento social.

O estudo envolve doze universidades públicas e privadas, incluindo a Universidade Federal do Pampa (Unipampa/Uruguaiana). Os financiadores do projeto são o programa Todos pela Saúde, banco Banrisul, Instituto Serrapilheira, Unimed Porto Alegre e Instituto Cultural Floresta.

Ao todo, 4,5 mil pessoas serão entrevistadas e testadas em Pelotas, Uruguaiana, Santa Maria, Porto Alegre, Canoas, Caxias do Sul, Ijuí, Passo Fundo e Santa Cruz do Sul. A pesquisa tem apoio das secretarias de saúde e dos órgãos de segurança dos municípios e segue todos os protocolos de biossegurança para proteger a saúde dos entrevistadores e participantes.

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181