URUGUAIANA JN PREVISÃO
Covid-19

Óbitos em Uruguaiana aumentam 350%

Dados do Portal da Transparência dos Cartórios de Registro Civil revelam ainda crescimento de mortes pela doença na comparação com o mesmo mês de 2020.

Foto: Divulgação

O mês de maio registrou o segundo pior número de mortes desde o início da pandemia da covid-19 em Uruguaiana e mostrou que os números da doença ainda estão longe de estarem controlados. Se comparados com a média de óbitos causados pelo novo coronavírus desde a chegada da doença no município, o mês teve aumento de 350% no número de falecimentos, atingindo a marca de 81 mortes, frente a uma média de 18.

Os números de maio só são melhores quando comparados com os de abril deste ano, respectivamente o primeiro pior mês da pandemia em Uruguaiana, auge da segunda onda da doença que lotou UTIs de hospitais em todo o território gaúcho. Na comparação com março, maio aponta aumento de 92,9% no número de óbitos, enquanto na comparação com abril a queda foi de 24,3%. Em números absolutos, maio registrou 81 óbitos causados pelo novo coronavírus, março 42, e abril 107.

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil (https://bit.ly/3fyPxZd), base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), e podem ainda sofrer mudanças, uma vez que o prazo legal para envio de óbitos à plataforma nacional pode chegar a até 12 dias do falecimento. "A atualização permanente dos registros de óbitos em razão da pandemia de covid-19 no Portal da Transparência do Registro Civil, disponibilizados pelos Cartórios de Registro Civil de todo o País, reforça ainda mais o compromisso de transparência com a sociedade, além de auxiliar no acompanhamento de dados estatísticos para a tomada de decisões e ações por parte dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário", destacou o presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (Arpen/RS), Sidnei Hofer Birmann.

Um ano depois

Maio de 2021 registrou um aumento de 8000% dos óbitos em Uruguaiana em comparação com o mesmo mês de 2020. Em números absolutos foram 81 mortes no mês passado frente a 1 em maio do ano passado.

Ao analisar os números do Estado, maio de 2021 registrou um aumento de 948% nos óbitos em comparação com o mesmo mês de 2020. Em números absolutos foram 2 841 mortes no mês passado frente a 271 em maio do ano passado. Na mesma comparação, 18 Estados apresentam números maiores este ano, enquanto nove apresentam redução quando comparados ao mesmo período do ano passado.


Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181