URUGUAIANA JN PREVISÃO
2021

Ministério da Economia aumenta a estimativa de alta de preços para este ano

Foto: Ilustração

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi revisado para cima pelo Ministério da Economia em relação à projeção para a inflação medida em 2021. A estimativa para a alta de preços neste ano passou de 5,90% para 7,90%. Para 2022, a projeção passou de 3,50% para 3,75%.

De acordo com a Secretaria de Política Econômica (SPE), a partir de 2023, a projeção converge para a meta: 3,25% em 2023 e 3,0% de 2024 em diante. Analistas de mercado consultados pelo Banco Central estimaram que o IPCA deve acumular alta de 8,00% em 2021 e de 4,03% em 2022.

A inflação em 2021 está com projeções acima do centro da meta deste ano, de 3,75%, com uma margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual para cima ou para baixo (índice de 2,25% a 5,25%). No caso de 2022, a meta é de 3,50%, com margem de 1,5 ponto (2,00% a 5,00%).

Além disso, o Ministério da Economia atualizou a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) utilizado para a correção do salário-mínimo. A estimativa para a alta do indicador neste ano passou de 6,20% para 8,40%. Para 2022, a projeção passou de 3,42% para 3,80%.

Já a estimativa da Economia para a alta do Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) em 2021 passou de 17,40% para 18,00%. Para o próximo ano, a projeção passou de 4,72% para 4,70%


Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181