URUGUAIANA JN PREVISÃO
Arroz

Ajustes e interesse de indústrias devem garantir preço firme ao produtor

A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) fez um comunicado ao mercado dizendo que não existem motivos para se prever queda de preços na colheita da safra 2020/2021. A entidade aponta como garantia o ajuste da oferta e demanda e o alto interesse de algumas indústrias em garantir produto no próximo período. 

De acordo com a Federarroz, o mercado atualmente se mostra firme com preços estáveis para o produto. O índice medido pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) no momento é de R$ 106,04 registrado no dia 14 de outubro por saca de 50 quilos do tipo 1, 58/10, posto indústria Rio Grande do Sul, à vista.

Os preços internacionais para o grão também estão compatíveis com a cotação atual do Cepea. Outra questão levantada pela Federarroz é uma estabilidade na área de produção de arroz no Rio Grande do Sul que, segundo o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), deve ficar próxima de 969,92 mil hectares.

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181