URUGUAIANA JN PREVISÃO
Liga Amadora Uruguaianense de Futebol

Esportivo e Guarani disputam o título da L.A.U.

Foto: Jairo Souza/JC
Guarani

Aconteceu no último domingo, 9/2, a semifinal da Liga Uruguaianense de Futebol Amador (L.A.U.) no estádio Ferro Carril, com duas partidas.

No primeiro jogo se enfrentaram Vagabanda e Guarani. O time Vagabanda foi quem teve a primeira chance de gol, aos três minutos de jogo em uma cobrança de falta que só não entrou porque bateu no travessão em uma bela cobrança de Peludo. Aos cinco minutos, Nescau abriu placar marcando 1 x 0 para a Vagabanda. Com desvantagem no placar, o adversário foi em busca do empate e com partida equilibrada, foi o Guarani que aos 30 minutos em uma cobrança de escanteio empatou a partida com Enzo. A partida continuou de igual para igual até o final do primeiro tempo.

No segundo tempo houve um jogo com poucas chances de gol e os dois times preocupados em se defender. Aos 44 minutos, o Guarani em outra cobrança de escanteio, marcou o segundo gol com Enzo, virando a partida. Já nos descontos, aos 46 minutos, a bola bateu na mão do jogador do Guarani e a arbitragem mandou o jogo seguir, fazendo com que o treinador França, do Vagabanda reclamasse muito, o que resultou em ira de alguns torcedores que invadiram campo chegando a agredirem o árbitro. O tumulto reforçou a falta da Ronda Ostensiva Municipal de Uruguaiana (Romu), que não se fez presente em um campeonato, que acontece em um estádio dito municipal e o evento que conta com apoio do Município, com verba da secretaria de Esporte. Segundo ofício entregue e protocolado as 14h de sexta-feira na Prefeitura, a L.A.U. solicitava a presença da Romu na decisão do campeonato. Com o tumulto, a Romu esteve na frente do estádio e foi embora logo em seguida.

No segundo jogo se enfrentaram Vamo que Vamo e Esportivo, duas equipes buscando a vaga para final no próximo domingo. No confronto, houve um jogo equilibrado e a primeira chance de gol foi do Esportivo. Com dois times bem postados nas suas defesas, a partida terminou empada no primeiro tempo. No segundo tempo as defesas se sobressaíam sobre os ataques, e aos 33 minutos, em uma cobrança de penalidades duvidosa para o Vamo que Vamo, Cesar bateu na trave perdendo a chance de abrir o placar. Aos 40 minutos, o jogador Maicon do Vamo que Vamo foi expulso. Com poucos minutos para findar o segundo tempo, as equipes não tiveram forças para modificar o placar de Vamo que Vamo 0 x 0 Esportivo. Com a partida empatada, a decisão da vaga ficou para as penalidades.

Na decisão, o Esportivo levou a melhor e venceu por 5 x 4. Nas cobranças, o goleiro Tales defendeu um e viu Ceceu do Vamo que Vamo chutar por cima a última cobrança. Ascal, goleiro do Vamo que Vamo defendeu a quarta cobrança. Com a vitória, a equipe do Esportivo decide o título contra o Guarani.


Imagens

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181