URUGUAIANA JN PREVISÃO
saúde e lazer

Equipe Além do Pedal incentiva a prática do ciclismo

Neste final de semana, grupo irá pedalando até Alegrete.

A Equipe Além do Pedal é um grupo de ciclistas que vem fazendo a diferença e a transformação no esporte de Uruguaiana. Criado há cinco anos pelos amigos Allan Lopez, Marquinhos Fraga e Douglas Bicca, o grupo iniciou como um hobby e hoje se tornou fundamental na vida de quem participa. Com o passar do tempo a equipe foi crescendo e atualmente conta com mais de 200 integrantes.

O grupo participava de vários campeonatos e eventos como o Campeonato Uruguaianense de Esportes, BikeTur Uruguaiana, eventos de esporte do Sesc, além de competições internacionais no Uruguai e Argentina. Ademais, o grupo promovia passeios noturnos pela cidade, todas as quartas-feiras, onde além de manter a equipe em movimento semanalmente, ainda incentivava novas pessoas a juntarem-se ao grupo. Com a chegada da pandemia, toda essa rotina de passeios e eventos foi interrompida e atualmente a equipe só promove pedaladas pelas estradas e bretes do município para manter o grupo ativo. A Além do Pedal se encontra todos os domingos, às 7h na Praça Farroupilha, para realizar pedaladas de aproximadamente 100km pelas estradas, e eventualmente realiza pedaladas mais longas com cerca de 300km, geralmente desafios de ida e volta até a cidade de Alegrete.

Neste sábado, 1/5, será realizado esse desafio até a cidade vizinha. A turma sairá da Praça Farroupilha às 4h, com previsão de chegada em Alegrete às 10h30min.

A ciclista Tatiane Beheregaray, de 42 anos, conta que já pedala há 15 anos, e é integrante da Equipe Além do Pedal desde o início do grupo, participando fielmente há cinco anos. Ela diz que tem o ciclismo como uma distração e terapia de vida, além de estar sempre revendo os amigos, conquistando novas amizades, e mantendo a saúde em dia.

Tatiane é a única mulher a ir pedalando de Uruguaiana até Alegrete pelo brete, e será a única do desafio deste sábado também. Ela conta que sente falta do gênero feminino no Além do Pedal, e relata que são poucas mulheres que integram o grupo e que é raro elas aceitarem desafios de pedaladas muito longas. Tatiane está sempre incentivando mulheres a começarem nesse esporte, ressaltando que o ciclismo é para todos os gêneros e que elas são tão capazes quanto os homens.

A ciclista conta que esse esporte não é muito respeitado nas estradas, principalmente pelos caminhoneiros. "Já fomos xingados e ameaçados por motoristas na estrada. Há mais ou menos um mês atrás aconteceu um caso em que o motorista jogou o caminhão para o acostamento propositalmente para bater nos rapazes do grupo de ciclismo, foi feito um B.O contra ele." relata.

Ela lamenta por ciclistas e corredores terem que passar por situações como essa nas estradas, e diz sentir muito pela morte do jovem corredor de rua que perdeu a vida em um acidente nesse final de semana, enquanto corria. "Ele era um grande amigo do grupo de ciclistas", conta. Tatiane Beheregaray pede mais respeito aos esportistas de rua, e explica que muitos estão ali porque precisam, sendo por saúde física ou mental. 

Imagens

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181