URUGUAIANA JN PREVISÃO
Na Bombonera

Inter se despede da Copa Libertadores

Internacional venceu por 1 a 0 nos 90 minutos, mas nas penalidades foi superado pelo Boca Juniors.

Foto: Ricardo Duarte

Na Bombonera, os comandados de Abel Braga dominaram partida disputada contra o Boca Juniors, encerrada com vitória de 1 a 0 nos 90 minutos, gol contra de Fabra. Nas penalidades, porém, os donos da casa converteram cinco, uma a mais do que o Inter, que deixa a competição. 

O Clube do Povo volta a campo neste sábado, 12/12. No Beira-Rio, o time colorado recebe o Botafogo, a partir das 19h, para a disputa de confronto da 25ª rodada do Brasileirão.

O Inter foi dono do jogo na etapa inicial. Extremamente ligado no jogo, o Clube do Povo encurralou o Boca Juniors na Bombonera, forçando erros seguidos nos raros instantes de posse rival. Raros pois quem teve a bola em quase 65% do tempo de partida foi o Colorado, senhor do meio de campo com o trio Patrick, Edenilson e Praxedes. A partir das combinações dos três, inclusive, os comandados de Abel Braga criaram excelentes oportunidades, quase sempre apoiadas por Moisés, que dava profundidade às tramas ofensivas gaúchas.

Na melhor chance alvirrubra, Moisés tabelou com o Pantera, este foi ao fundo e rolou para Galhardo, que carimbou o travessão. Thiago ainda exigiria bonita defesa de Andrada após cabeceio forte, resultado de bom cruzamento do lateral-esquerdo colorado. Patrick também tornaria a aprontar das suas, sobrecarregando Buffarini. Apesar das muitas oportunidades, todavia, o Clube do Povo não conseguiu abrir o marcador, que seguiu zerado para o intervalo.

Logo do reinício do confronto, o Clube do Povo chegou ao merecido gol de abertura do placar. Patrick costurou pelo centro e abriu o jogo com Moisés, que foi ao fundo pela esquerda e cruzou rasteiro. A bola superou Andrada e, antes de Marcos Guilherme, debaixo das traves na altura do segundo pau, Fabra atentou contra o próprio patrimônio.

A vantagem colorada exigiu postura mais franca dos locais, que tentaram armar uma blitz, mas esbarraram na excelente retaguarda do Clube do Povo. Muito bem postado, o Inter ainda contou com excelentes escapadas, contra-ataques que por detalhe não resultaram em gol que seria fundamental. Prova do desespero xeneize foi a expulsão de Obando, que agrediu Edenilson, já nos acréscimos, e por isso foi retirado de campo. Apesar da maiúscula exibição, os comandados de Abel Braga foram infelizmente eliminados nas penalidades.


Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181