URUGUAIANA JN PREVISÃO
Rolling Stone

Como Axl Rose deu a volta por cima e se tornou relevante para a música novamente

Rolling Stone

Quando o Guns N' Roses realizou residência em Las Vegas, em 2012, parecia que o início do fim da 'banda mais perigosa do mundo" estava acontecendo. Ledo engano. Axl Rose, atualmente com 59 anos, não deixou a peteca cair de vez e conseguiu dar a volta por cima, devolvendo respeito ao grupo e o fazendo lotar estádios pelo mundo ao se reunir com Slash e Duff McKagan.  

A Rolling Stone apontou alguns momentos que provam que ele e o Guns N' Roses continuam relevantes para a música, em especial para o rock, mesmo sem lançarem um álbum de inéditas há quase 15 anos.

Golpe de mestre

A grande jogada de Axl Rose foi fazer as pazes com o passado, com o seu eu interior e resolver as diferenças com o guitarrista Slash e o baixista Duff McKagan em 2016. Com os integrantes clássicos de volta ao time e longe de tretas, o Guns N' Roses reconquistou a posição que um dia já foi deles: a de uma das maiores bandas de rock do planeta.

Das maiores turnês da história

Com o Guns N' Roses lotando estádios pelo mundo após os integrantes se reconciliarem, a turnê Not In This Lifeitme... Tour foi eleita a segunda mais rentável da história da música em 2018, arrecadando US$ 562 milhões (cerca de 3 bilhões de reais) e ficando atrás apenas da turnê 360º, do U2, segundo pesquisa feita pela Pollstar.

Em 2019, Ed Sheeran alcançou a primeira posição com a turnê Divide, e o Guns caiu para o terceiro lugar.

Ajudou o AC/DC

Em 2016, Axl Rose segurou as pontas para que o AC/DC pudesse finalizar a turnê Rock or Bust World Tour. O vocalista do Guns foi convidado a substituir Brian Johnson, que teve problemas auditivos e precisou se afastar da banda imediatamente. Quem viu Axl interpretando hits como "Highway to Hell", "Back in Black" e "Thunderstruck", aprovou a performance.

Crítico a Trump

Nos últimos anos, Axl Rose reascendeu a chama de roqueiro contestador e se tornou um crítico assíduo ao ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Pelo Twitter, o cantor chamou o político de "repulsivo" e arrumou treta virtual com o Steven Mnuchin, Secretário do Tesouro dos Estados Unidos.


Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181