URUGUAIANA JN PREVISÃO
cinema

Oscar 2021: Onde assistir aos vencedores

Foto: Divulgação

A 93ª edição do Oscar foi, sem dúvidas, única: além de acontecer três meses após o previsto e com poucos convidados, o evento ainda contou com muita diversidade entre os indicados e principalmente entre os premiados. Surpreendendo nas categorias de atuação, com Youn Yuh-Jung sendo a primeira mulher sul-coreana a ganhar uma estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante por Minari e seguindo para as técnicas, com Mia Neal e Jamika Wilson, de A Voz Suprema do Blues, fazendo história como as primeiras mulheres negras a vencerem o Oscar de Melhor Cabelo e Maquiagem.

Chloé Zhao também entrou para a história com Nomadland, tornando-se a segunda mulher e a primeira asiática em 93 edições do prêmio a levar a categoria de Melhor Direção. Além disso, o longa também rendeu o terceiro Oscar para Frances McDormand, que agora é uma das atrizes mais premiadas da história da Academia, empatada apenas com Meryl Streep e Ingrid Bergman e atrás de Katherine Hepburn, que tem 4 vitórias.

Agora que o evento passou, é hora de riscar da lista os principais vencedores e assistir aos filmes que não deu tempo de maratonar antes da entrega de prêmios. Pensando nisso, o Canaltech listou todos os premiados e indicou onde cada um está disponível para assistir. Agora é só escolher o que você deseja e ter uma boa sessão!

Nomadland

O grande destaque da noite foi Nomadland, que levou para casa três estatuetas, as maiores da noite: Melhor Filme, Melhor Atriz para Frances McDormand e Melhor Direção para Chloé Zhao. O longa é de cunho social e político, com uma história que aborda diversos interesses e questões de uma sociedade pós-moderna, acompanhando a história de idosos que vivem em veículos automobilísticos nos Estados Unidos, sem trabalho e sem garantia financeira de aposentadoria.

Nomadland está em cartaz nos cinemas.

Bela Vingança

Bela Vingança foi o primeiro vencedor do Oscar 2021. Anunciado logo no início da cerimônia, o longa venceu a categoria de Melhor Roteiro Original, superando Judas e o Messias Negro, O Som do Silêncio, Minari e Os 7 de Chicago. O filme acompanha Cassie, uma mulher perversamente inteligente, tentadoramente astuta e que ainda vive uma vida dupla à noite, com dificuldades de superar uma tragédia de seu passado.

Bela Vingança deve chegar aos cinemas brasileiros em maio.

Meu Pai

Meu Pai conseguiu bater fortes concorrentes na categoria de Melhor Roteiro Adaptado, incluindo Nomadland. No entanto, a vitória mais surpreendente do longa foi na categoria de atuação, em que Anthony Hopkins levou o prêmio para casa, superando até mesmo Chadwick Boseman, o grande favorito da noite. O filme acompanha Anthony, que tem 81 anos de idade e mora sozinho em seu apartamento em Londres, recusando todos os cuidadores que sua filha, Anne, tenta impor a ele. Porém, um dia, Anne entra num novo relacionamento e se muda para Paris, e seu pai agora precisa lidar com a realidade de passar mais tempo sozinho do que o usual.

Druk

Druk, ou como está sendo distribuído globalmente, Another Round, foi o grande vencedor na categoria de Melhor Filme Internacional, com o diretor Thomas Vinterberg aceitando o prêmio com um discurso emocionante dedicado à filha Ida, que faleceu em 2019. O filme é estrelado por Mads Mikkelsen e acompanha um grupo de amigos que resolvem testar um experimento em suas vidas: partindo do pressuposto de que o corpo humano nasce com uma deficiência alcoólica, Martin e os colegas passam a ingerir uma pequena dose de bebida por dia, o suficiente para conseguirem seguir com suas rotinas sem se embriagar.

Druk está disponível para locação no YouTube Filmes e Google Filmes.

Soul

Deu a lógica e Soul foi vencedor da categoria de Melhor Filme de Animação no Oscar 2021. Mas além dessa, o filme ainda faturou a estatueta de Melhor Trilha Sonora, recebida por Jon Batiste, Atticus Ross e Trent Reznor. No filme, Joe é um professor de música do ensino médio apaixonado por jazz, sonhando diariamente em encontrar uma forma de viver da música, mesmo a vida lhe mostrando que as coisas não saíram do jeito que ele esperava. Ao viajar para outra realidade e descobrir que seu tempo na Terra já havia se esgotado, ele acaba tendo a missão de ajudar outra alma a encontrar sua paixão, descobrindo enfim o sentido da sua vida.

Soul está disponível no Disney+.

O Som do Silêncio

Vencedor das categorias de Melhor Edição (também chamada de Melhor Montagem) e Melhor Som, O Som do Silêncio segue Ruben, um baterista apaixonado por música e integrante de uma banda de heavy-metal com a namorada. Quando descobre que está ficando surdo e sua condição só tende a piorar, é levado para um lar de reabilitação a fim de evitar uma recaída e visando se adaptar à nova vida. Bem recebido no local, Ruben agora deve escolher entre seu novo normal ou a vida como conhecia.

O Som do Silêncio está disponível no Prime Video.

Mank

Mank foi o líder de indicações ao Oscar desse ano, mas acabou saindo com poucas estatuetas em relação ao número de categorias em que estava presente. A produção de David Fincher faturou as categorias de Direção de Arte (chamada também de Design de Produção) e Fotografia, mas acabou sendo superada nas outras nove indicações. A história acompanha Herman J. Mankiewicz, um roteirista alcoólatra que entra em disputa com Orson Welles pelos créditos do script da obra-prima do cinema dos anos 1940, Cidadão Kane. Em paralelo, o filme ainda revisita a relação do cineasta com grandes nomes da indústria cinematográfica da época, principalmente com o poderoso magnata da mídia William Randolph Hearst.

Mank está disponível na Netflix.

A Voz Suprema do Blues

A Voz Suprema do Blues era considerada por muitos o favorito a ganhar as categorias principais de atuação, mas foi superado por Frances McDormand e Anthony Hopkins. No entanto, a produção da Netflix conseguiu desbancar Emma. e até mesmo Mank nas categorias Melhor Figurino e Melhor Cabelo e Maquiagem, rendendo o primeiro Oscar para mulheres negras nesta última. O prêmio foi dado à Mia Neal e Jamika Wilson, além de Sergio Lopez-Rivera. O filme acompanha a cantora Ma Rainey em Chicago, em 1927, numa sessão de gravação de álbum mergulhada em tensão entre seu ambicioso trompista Levee. Enquanto isso, dois empresários brancos estão determinados a explorar a controlar a incontrolável Mãe do Blues, porém, uma conversa no local revela verdades que irão abalar a vida de todos os envolvidos.

A Voz Suprema do Blues está disponível na Netflix.

Minari

O elenco de Minari - Em Busca da Felicidade ganhou o coração do público com seu carisma no tapete vermelho, mas dentro do Teatro Dolby apenas uma estatueta foi entregue ao filme. Youn Yuh-Jung faturou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante e superou nomes como Olivia Colman e Glenn Close, tornando-se a primeira mulher sul-coreana a levar a vitória na história da categoria. O filme se passa nos anos 80 e acompanha David, um menino coreano-americano de sete anos, que se depara com um novo ambiente e um modo de vida diferente quando seu pai, Jacob, muda sua família da costa oeste para a zona rural do Arkansas. Entediado com a nova rotina, David só começa a se adaptar com a chegada de sua vó. Enquanto isso, Jacob, decidido a criar uma fazenda em solo inexplorado, arrisca suas finanças, seu casamento e a estabilidade da família.

Minari está em cartaz nos cinemas.

Judas e o Messias Negro

Disposto a contar a história da ascensão e queda de Fred Hampton, o ativista dos direitos dos negros e revolucionário líder do partido dos Panteras Negras, Judas e o Messias Negro venceu todas as categorias de Melhor Ator Coadjuvante nas premiações da temporada e no Oscar não foi diferente: Daniel Kaluuya foi o grande vitorioso da noite. A surpresa, no entanto, veio na segunda estatueta: a de Canção Original. Fight For You, interpretada pela cantora H.E.R. também levou um Oscar e superou a favorita Io Si (Seen), de Rosa e Momo.

Judas e o Messias Negro está em cartaz nos cinemas.

Professor Polvo

Vencedor da categoria de Melhor Documentário, Professor Polvo acompanha o cineasta Craig Foster passou um ano forjando um relacionamento com um polvo-comum selvagem em uma floresta de algas sul-africana, e após ganhar a confiança do animal, o mergulhador tem a oportunidade de conferir seu mundo para ver como a criatura dorme, vive e se alimenta, ensinando uma lição sobre a fragilidade da vida e a conexão da humanidade com a natureza.

Professor Polvo está disponível na Netflix.

Tenet

Tenet foi o grande vencedor da categoria de Melhores Efeitos Visuais. O longa de Christopher Nolan segue um agente da CIA conhecido como O Protagonista quando é recrutado pela organização misteriosa que dá nome ao filme. Ele possui a tarefa de participar de uma missão de escala global e impedir que Andrei Sator, um renegado oligarca russo com meios de se comunicar com o futuro, inicie a Terceira Guerra Mundial. Capaz de fazer o tempo correr ao contrário devido a uma arma aos cuidados de Tenet, O Protagonista precisa usá-la como forma de se opor à ameaça que está por vir, impedindo que os planos de Sator se concretizem.

Se Algo Acontecer... Te Amo

Se Algo Acontecer... Te Amo segue a história de dois pais enlutados enquanto juntos caminham para enfrentar a morte de sua filha, que foi assassinada em um tiroteio na escola. O curta-metragem foi um enorme sucesso na Netflix, permanecendo no Top 10 de conteúdos mais assistidos do Brasil durante semanas e venceu a categoria de Curta-Metragem de Animação no Oscar 2021.

Se Algo Acontecer... Te Amo está disponível na Netflix.

Dois Estranhos

Já na categoria de curta em live-action, o grande vencedor foi Dois Estranhos, em que o roteirista Emmy Travon e os diretores Free e Martin Desmond Roe trazem duas realidades cuja discrepância é dada por apenas um fator: o tom de pele. O filme acompanha as repetidas tentativas do cartunista Carter James de voltar para casa e encontrar seu cachorro, que são frustradas por um encontro mortal recorrente que o força a reviver o mesmo dia terrível outra vez.

Dois Estranhos está disponível na Netflix.


Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181