URUGUAIANA JN PREVISÃO
Dança

Sambista uruguaianense é coroada Rainha Juvenil do Carnaval do RS pela segunda vez consecutiva

Além das conquistas no samba, Luiza Mendes também vem se destacando no ballet.

Foto: Divulgação

A estudante, bailarina e sambista, Luiza Mendes, com apenas 16 anos recém completados no mês de abril deste ano, já teve grandes conquistas com seu talento na dança. Após vencer o concurso de Rainha Juvenil do Carnaval do Rio Grande do Sul 2020, a jovem foi novamente coroada no ano de 2021. Além do samba, ela também vem se destacando no ballet.

Luiza começou sua história na dança com apenas três anos de idade, quando iniciou no ballet ainda na escolinha infantil. Com 9 anos, já na escola Laura Vicuña, ela começou a levar a prática mais a sério, treinando com mais frequência, já com o objetivo de participar de audições e realizar viagens. A dançarina passou por várias outras escolas de ballet até chegar na que está hoje, Ballet Luiza Quadros.

Em 2017, o Ballet Vera Bublitz, de Porto Alegre, proporcionou uma audição na qual selecionava as melhores bailarinas para realizarem um intercâmbio em Nova York, Luiza Mendes passou no teste e com apenas 12 anos fez sua primeira viagem internacional com o ballet.

"Foi muito legal, tinha gente de todo o mundo: alemãs, chinesas, indianas, russas... os professores eram todos americanos. Foi minha maior experiência, muita troca de cultura, toda hora falando inglês. Foi maravilhoso, imagina, com 12 anos ir para Nova York sozinha, sem meus pais, foi muita responsabilidade. Eu tinha que saber contar dinheiro, fazer compras, comer sozinha, então foi incrível para o meu crescimento, vou levar para vida." conta, a bailarina.

Em 2019, a jovem realizou outra viagem internacional, também proporcionada pelo Ballet Vera Bublitz, dessa vez para Portugal, onde pode ter experiências com os melhores bailarinos da Europa. "Foi muito bom, não só no ballet, mas a experiência cultural também. Conheci muitos lugares como castelos e praias" diz. Tanto a viagem para Portugal quanto a de Nova York tiveram duração de duas semanas e Luiza foi a única uruguaianense selecionada para realizar os cursos estrangeiros.

Além das duas experiências internacionais, ela também já participou de diversas viagens pelo Brasil, como: Joinville, onde já foi cinco vezes na filial brasileira de Bolshoi; Rio de Janeiro, em palestras com a bailarina Ana Botafogo; Porto Alegre, onde Luiza ganhou medalhas nas competições solo; entre outros lugares.

"O ballet não me trouxe só experiência na dança, mas também para vida. De responsabilidade, disciplina, organização. Eu acho que ballet é a base de tudo na minha vida, por isso que por mais que eu esteja no samba hoje, eu continuo fazendo ballet." explica.

Junto com a dança clássica, a jovem desde criança já fazia parte do samba. Acompanhando seus pais nos ensaios e eventos carnavalescos, ela deu início a sua estrada de sambista com 7 anos, após surgir um convite para ser Rainha da Bateria Mirim da escola Apoteose do Samba. Com 8 anos, além de continuar no seu posto de rainha da Apoteose, após vencer um concurso Luiza também foi coroada como Musa da Bateria Mirim da Cova da Onça, sua escola do coração. Sem ter novas oportunidades de ser titulada e tendo o foco principal no ballet, nos anos posteriores ela seguiu desfilando em outros setores da escola, como: destaque de carro, destaque de chão, comissão de frente, ala das passistas, etc.

Em 2020, com 14 anos, Luiza Mendes recebeu um convite inesperado do diretor da ala de passistas da Cova da Onça, para ser Rainha Juvenil da escola. A dançarina conta que foi uma surpresa, ela já nem imagina mais ser rainha, pois não era de 'dentro da escola' como as outras meninas que desde pequenas eram coroadas rainhas e ao irem crescendo recebiam novas faixas. "Eu fiquei muito emociona, não pensei duas vezes, só aceitei e falei 'meu Deus muito obrigada', eu fiquei muito grata." diz.

No mesmo ano, o presidente da Vermelho e Branco na época, Jean Souza, junto com a professora de samba, Carlise Lesonier, convidou Luiza para participar do concurso de Rainha Juvenil do Carnaval do Rio Grande do Sul. A sambista conta que os convites foram surgindo rapidamente, e ela não teve muito tempo para se preparar. "Não fui com tanta expectativa, eu recém tinha entrado no carnaval. Por mais que eu soubesse sambar eu não me achava super preparada, eu fui mais pela experiência." diz.

Apesar do pouco preparo, ela fez uma grande apresentação e levou a coroa de Rainha Juvenil do Rio Grande do Sul 2020 e trouxe a faixa para Uruguaiana, mesmo entre tantas sambistas do estado competindo ao título. "Só acreditei quando peguei a faixa, quando me deram a coroa, aí eu vi que era verdade." conta.

Com a pandemia, a dançarina não pode aproveitar seu reinado muito bem. Sem poder comparecer em eventos, visitar outras cidades e fazer apresentações, ela pode apenas participar de Lives que eram proporcionadas pelas escolas. Com isso, tanto Luiza como as rainhas do Estado que venceram em outras categorias, foram novamente coroadas para o ano de 2021.

"Estou carregando uma responsabilidade que é a faixa de rainha de todo estado. Estou representando todas as meninas da minha idade, todos os sonhos de gurias que querem ser rainha do Rio Grande do Sul" diz.

Além desse, Luiza Mendes já venceu outros concursos de samba, mesmo tendo apenas dois anos focados no carnaval. "Foi tudo junto, em 2020 fui coroada rainha da minha escola, ganhei o concurso de Rainha do Rio Grande do Sul, ganhei outros concursos, minha escola foi campeã... então foi um misto de emoções, não tinha como ser mais perfeito do que foi."

A sambista conta que conquistar tudo que conquistou com tão pouca idade mostra que ela está no caminho certo. "Eu recebo muitas mensagens de pessoas mais velhas dizendo que se inspiram em mim, eu com 16 anos inspirar pessoas mais experientes não tem explicação. O que eu faço é por amor, o que eu ganho é esse reconhecimento, ver que as pessoas te admiram, e que as crianças me olham e querem ser como eu." diz.

Luiza Mendes frisa que seus planos futuros são continuar dançando, treinando, e ser boa o bastante para seguir tendo o reconhecimento e admiração das pessoas.


Imagens

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181