URUGUAIANA JN PREVISÃO
Rubens Montardo

Um Setembro muito Esquisito

Esquisito 

Pela primeira vez, não tivemos o Desfile de 7 de Setembro, com estudantes e militares na avenida Presidente Vargas, na data alusiva a Independência do Brasil. A pandemia nos impôs comportamentos e ações inimagináveis. Nunca tivemos uma temporada tão atípica. Agora, entramos na Semana Farroupilha e teremos a mesma situação, sem desfile e sem as tradicionais comemorações do Dia 20 de Setembro.

Modernidade

O Detran/SP já é digital em mais de 300 municípios paulistas. Todos os serviços podem ser efetivados pelo celular. A modernidade caminha a passos largos.

Van Gogh

Conheci-o em 1985, apresentado pelo meu amigo e professor Aldovan de Oliveira Moraes, numa noite de julho. Soube que está prestes a fechar. Falo do Bar Van Gogh, que existe há 60 anos na esquina da Avenida João Pessoa com a Rua da República, no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. Famoso por varar a madrugada e por suas sopas, em especial a de capeletti. O atual dono do estabelecimento Claudio Piovesani (que está na direção do bar há 27 anos), vai se aposentar e pretende vender o ponto. O prédio é alugado. Além das sopas, tinham fama no cardápio do Van Gogh: aipim frito, bife à parmegiana, carreteiro, canja e a massa carbonara. Pode ser que alguém compre o ponto e siga na mesma atividade comercial.

Pleito

No último final de semana, vários partidos fizeram suas convenções municipais para escolha dos candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. O primeiro turno será no próximo dia 15 de novembro. O Rio Grande do Sul possui 497 municípios.

Surpresa

Em toda eleição sempre surge uma surpresa, alguém que você nem imaginava e que consegue se eleger ao cargo de vereador. Neste ano, creio que já percebi quem poderá ser a grande surpresa de 2020. Aguardem!

Humor

Nesta onda do politicamente correto fico pensando como seria o trabalho de talentosos humoristas como Millôr Fernandes, Max Nunes, Chico Anysio, Agildo Ribeiro, Jô Soares, Costinha, Oscarito, Grande Otelo, os Trapalhões, dentre outros. No Brasil de hoje, o humor perdeu a graça e espantou o riso.

Cinema

A magia e o encantamento do cinema são eternos. Assisti e recomendo o filme turco Milagre na Cela 7, um excelente filme que reúne sensibilidade, ternura e bondade, numa lição de humanidade. A trama conta a história de Memo (Aras Bulut Iynemli), um pai solteiro, pastor de ovelhas, com deficiência intelectual que vive em um pequeno vilarejo da Turquia, na costa do mar Egeu, com a filha, Ova (Nisa Sofiya Aksongur) e a avó, Fatma (Celile Toyon Uysal). Assistam!

Arrependido

Em recente artigo, o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, depois de 23 anos, fez uma "mea culpa" e manifestou-se arrependido pela apresentação e aprovação da Emenda Constitucional que introduziu o instituto da reeleição para o Poder Executivo no Brasil.

Promessa

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou na última terça-feira (08/09), em reunião ministerial no Palácio do Planalto, que a previsão é começar a vacinar a população brasileira contra covid-19 em janeiro de 2021.

Estudantes

Na atual conjuntura, penso que é uma temeridade o retorno das aulas presenciais no Rio Grande Sul. Tomara que eu esteja enganado.

Seriado

Nesta semana, uma boa surpresa foi o seriado Amor e Sorte, com Fernanda Montenegro e sua filha, Fernanda Torres. Nas vésperas de completar 91 anos de idade, Fernando Montenegro esbanja vitalidade, talento e bom humor, num bom texto.

Carestia

O preço dos alimentos foi destaque para a alta de 0,24% inflação oficial do país em agosto, divulgada pelo IBGE. O Índice de Preços para o Consumidor Amplo (IPCA) subiu 2,44% em 12 meses enquanto a inflação dos alimentos subiu 8,83% no período. Esta alta não tem apenas um alimento responsável, pois a maioria deles está com preços recordes no campo. Porém, dois chamaram a atenção nos últimos dias: o arroz, com valorização de 19,2% no ano, e o óleo de soja, que subiu 18,6% no período.

Dólar alto, consumo maior da China, recuperação na Europa e Ásia, quebra de safra, período de entressafra. Uma conjunção de fatores ruins fez aumentar os preços de produtos muito consumidos no país. Em agosto de 2019, o dólar valia R$ 4,02. Um ano depois, R$ 5,46, uma alta de 36%. Essa desvalorização do real fez com que os preços de produtos como soja, milho, carnes, que são cotados internacionalmente em dólar, subissem mais. Feijão, arroz , carne, leite, óleo de soja subiram bastante, e mais altas são esperadas, pois os preços no atacado estão subindo. E para quem espera preços menores nos próximos meses, a expectativa dos especialistas não é otimista. Como estamos na entressafra, é difícil que os valores caiam tanto até o início de 2021, pelo menos.

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181