URUGUAIANA JN PREVISÃO
Rubens Montardo Junior

A dança das bandeiras

Visivelmente contrariado depois de ser derrotado, por unanimidade, em suas pretensões pelo Poder Judiciário, o governador Eduardo Leite resolveu mexer no jogo das bandeirinhas e colorir o mapa gaúcho com a cor vermelha, mesmo com elevados índices de transmissão, internações e mortes pelo coronavírus. Decidido pelo retorno das aulas, mesmo sem ter vacinado professores, alunos e funcionários de escolas, nota-se uma queda de braços entre o Governador e a Justiça. Pelo sistema vigente, o setor comercial, principalmente a área gastronômica, foi duramente penalizado nesta pandemia. Agora, para driblar a determinação judicial, o Governo apresentou mudanças no sistema de distanciamento controlado, desprezando a bandeira preta que vigorava há semanas no estado. A cogestão também foi suspensa. Senhor Governador, a raiva, a teimosia e a vaidade nunca foram boas conselheiras políticas.

Senadora

A popular apresentadora do programa Jornal do Almoço, a jornalista Cristina Ranzolin, caso se decidisse pela vida pública, poderia ser eleita com expressiva e consagradora votação.

Privatizações
Na terça-feira, dia 27/04, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, em primeiro turno, por 34 votos favoráveis e 18 contrários derrubou a necessidade de realização de plebiscito para que o Governo do Estado pudesse vender a Corsan, o Banrisul e a Procergs. Na próxima terça-feira, dia 04/05, acontecerá o segundo turno de votação. A Corsan deverá ser a primeira a ser vendida. Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição (PEC 280/2019), eram necessários 33 votos favoráveis para aprovação. A Corsan hoje atende 317 dos 497 municípios do RS. Na campanha eleitoral de 2018, Eduardo Leite prometeu que, caso eleito, não privatizaria a Corsan e nem o Banrisul. Em 2020, a Companhia Riograndense de Saneamento obteve receita líquida de R$ 3,2 bilhões e lucro líquido recorrente de R$ 480 milhões, segundo relatório da administração da empresa. A Corsan foi criada em 1965, sendo oficialmente instalada em 1966. Atualmente, a companhia tem 5.681 empregados. No último mês de março, o Governador Eduardo Leite anunciou que vai propor a privatização da companhia motivada pela incapacidade da empresa em cumprir as metas do marco legal do saneamento básico, sancionado em 2020 pelo presidente Bolsonaro.


Lobato
Faleceu em 22/04, aos 66 anos, José Maria Lobato da Silva. Conheci-o na Prefeitura , quando desempenha funções na Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, antiga Semic. Militar reformado da Marinha do Brasil, homem educado, prestativo e atencioso, Seu Lobato era um grande fazedor de amigos, respeitado e benquisto por todos, conforme centenas de manifestações nas redes sociais. Meus sentimentos aos familiares e que o amigo Lobato descanse na paz e alegria do reino de Deus.  

Genocídio
No último sábado, dia 24 de abril de 2021, o democrata Joe Biden se tornou o primeiro presidente na história dos Estados Unidos a reconhecer formalmente o genocídio de mais de 1,5 milhão de armênios pelo Império Otomano (turcos), ocorrido entre os anos de 1915 a 1917. A declaração foi feita no dia em que foram recordados os 106 anos do massacre. Lembrete: O famoso cantor Charles Aznavour (1924-2018) buscou durante toda sua vida este reconhecimento.

Supremo
Será aberta uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), com o anúncio da aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello em 05 de julho, colocou o advogado-geral da União, André Mendonça, e o procurador-geral da República, Augusto Aras, na disputa por esta cadeira na Suprema Corte. O preferido do presidente Bolsonaro seria o advogado André Mendonça.

Desrespeito
Em muitas cidades brasileiras está faltando a segunda dose da vacina Coronavac para imunizar os cidadãos. Angústia, tristeza e descaso!

Vacinado
Na terça (27/04), em reunião do Conselho de Saúde Suplementar, o ministro da Casa Civil, general Luiz Eduardo Ramos confessou que tomou a vacina contra a Covid-19 escondido do presidente Bolsonaro. Ramos afirmou que tenta convencer o presidente a fazer o mesmo. O trecho em que o ministro Ramos, um general da reserva, conta como foi imunizado na surdina é humilhante para alguém que detém essa patente e ocupa cargo de notória importância.

Oráculo
"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez". - William Shakespeare (1564-1616), dramaturgo inglês.

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181