URUGUAIANA JN PREVISÃO
Marisele Velasques

Vida exposta

Em nossas casas temos grades altas, portões com cadeados e janelas com cortinas, tudo para tentar proteger da melhor forma possível as pessoas que amamos, tanto em relação à segurança quanto a exposição da intimidade familiar. Porém, em tempo de internet e redes sociais, é nítido perceber residências fechadas fisicamente, mas totalmente abertas virtualmente. O que se preserva dos olhos curiosos dos vizinhos, muitas vezes fica exposto em fotos prontas para receber muitos likes. E as portas que aparentemente estão trancadas, ficam na verdade entreabertas no mundo digital.
Diariamente acompanhamos notícias de golpes realizados observando e clonando redes sociais. Sejam situações envolvendo adultos e suas contas bancárias ou outras mais graves como a superexposição de nossas crianças e jovens trazendo olhares curiosos de pessoas com más intenções. O que parece ser um ambiente seguro, se não for bem utilizado, abre portas e janelas da intimidade de qualquer pessoa. Escrever o que se pensa e postar fotos do que se gosta e vive virou algo natural em nossos dias, mas nem todos se responsabilizam por essas atitudes, como se no mundo virtual tudo fosse permitido, o que não é.
Os adultos de hoje não foram educados para utilizar essas novas tecnologias de comunicação, então para punir surgem cada vez mais leis, mas o ensinar e discutir ninguém pensa em fazer. Regras de convivência também devem estar presentes nas rotinas digitais, como saber esperar a resposta de uma mensagem, já que nem todo mundo estará disponível no momento que for chamado. Diminuir o tempo de uso e navegação na rede, pois precisamos conviver de forma real com o outro, principalmente nossa família. E não expor tanto a rotina e a vida familiar, porque tem golpista pronto para atacar quem muito se revelar.
Suas conquistas, dos seus filhos, viagens e festas, devem ser comemoradas, mas não necessariamente superexpostas. A vida se faz tão mais leve no real com quem amamos e sem a obrigação de mostrar toda hora onde e com quem estamos, o que comemos ou sentimos. Viva para você e para quem ama, não dependa de aprovações digitais para ser feliz. Nem tudo o que se vê na rede é real, tem muito sorriso largo com tristeza no olhar, roupas caras divididas em várias prestações, e paisagens que parecem ser tão longe podem ser no cantinho do pátio da casa. Nossa privacidade é tão invadida sem nos darmos conta que isso permite que outras pessoas venham a opinar e criticar quem somos e no que acreditamos. Ser discreto hoje em dia se torna  chique. Vamos proteger nossa família e a privacidade de nossas crianças. No futuro  irão nos agradecer.
Pense nisso!

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181