URUGUAIANA JN PREVISÃO
Marisele Pereira Velasques

Festejos gaúchos

Estamos vivendo a Semana Farroupilha, festa tradicional do povo gaúcho em homenagem aos nossos antepassados que lutaram na guerra farrapa por uma década. Ano passado com a pandemia todas as festividades foram realizadas virtualmente, mas com a vacinação já conseguimos acompanhar em noticiários e redes sociais que com organização e cuidados redobrados, quem gosta de participar vai conseguir esse ano. As escolas também estão comemorando pedindo para as crianças ir pilchadas e oferecendo merenda diferenciada. Ainda sem bailes, mas com música ao vivo.
O bom de ter voltado é que a cultura gaúcha é baseada na família. Tem a valorização da mulher na construção de um lar e do pai com o sustento e o respeito dentro de casa. Para muita gente pode parecer algo fora de moda ou ultrapassado, porém tem pessoas que valorizam essa cultura e quer passar para seus filhos valores e tradições tão bonitas aqui do nosso estado. Os Centros de Tradições Gaúchas (CTG) e Piquetes foram criados justamente com esse propósito.
Como é bonito ver as meninas de prendas parecendo princesas e os meninos orgulhosos quando pilchados, mesmo que ainda não conheçam o verdadeiro significado de estarem se vestindo dessa forma, se alegram e nos encantam. E o chimarrão que une as pessoas, claro que agora por causa do Covid deve ser evitado ser compartilhado e tomar cada um com a sua cuia. Mesmo assim, continua sendo uma bebida tão gostosa e saudável. Os alimentos maravilhosos como nosso tradicional churrasco, o carreteiro de charque, pudim e sagu. Também temos o cuidado com os animais na lida campeira, o cavalo companheiro inseparável do peão e o cusco sempre em volta.
Rotinas simples e de grande valor, que valorizam o povo do campo e  aproximam as famílias fazendo nascer um carinho tão grande por termos nascido nessa terra. Além de sermos brasileiros temos orgulho de dizer que somos gaúchos.  Por isso, se possível participe ou monte em casa seu próprio canto gaudério. Da forma que você achar mais possível ou acessível, apresente aos seus filhos nossa cultura regional com músicas, vídeos, conversando ou contando causos, como diz o gaúcho. Não deixe apenas para as escolas a responsabilidade de não deixar morrer nossa rica e linda tradição. É importante valorizar e relembrar a história do nosso povo fazendo crescer dentro das crianças o amor e o respeito ao nosso querido Rio Grande.
"Sirvam nossas façanhas de modelo a toda a terra."

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181