URUGUAIANA JN PREVISÃO
MARISELE VELASQUES

Essenciais

Outubro é o mês que se comemora o Dia dos Professores, uma data especial para as instituições de ensino que dificilmente é divulgada ou lembrada pela mídia e sociedade. A origem se deve ao fato que em 15 de outubro de 1827, o imperador Dom Pedro I instituiu um decreto que criou o Ensino Elementar no Brasil, com a finalidade de criar escolas de primeiras letras em todos os vilarejos e cidades do país. Uma conquista importante pouco lembrada e até desconhecida por algumas pessoas ainda nos dias atuais.

O interessante é que essa data complementa a importância de outra: o Dia das Crianças, já que os pequenos precisam de seus professores e eles da garotada. Nas escolas as duas são muito festejadas todos os anos, e mesmo com a pandemia é possível observar nas redes sociais que as homenagens estão acontecendo de forma adaptada, mas sem deixar de festejar. Enquanto o comércio pouco divulga sobre os professores, com as crianças as empresas se movimentam para atrair compradores. E infelizmente, parece que não existe nenhum interesse em mudar, o que não nos impede de comemorar entre amigos e com a família.

Nosso dia é lindo e muito especial. Ele nos faz refletir o quanto somos importantes para o futuro do nosso país, e que nossa "ausência" física na aprendizagem dos educandos está fazendo falta com essas aulas remotas. Somos essenciais, mesmo que pouco se invista em educação e nos educadores, continuamos acreditando que com conhecimento é possível mudar o futuro para melhor, não só para o indivíduo, mas toda a sociedade. Deixo como homenagem aos meus colegas uma citação de Rubem Alves: "Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais".

Na sala de aula plantamos sementes de conhecimentos, que ao seu tempo irão florescer. É por isso que as crianças e os jovens precisam de bons profissionais dedicados ao seu trabalho respeitando as diferenças culturais, religiosas e ideológicas, atuando como mediadores de aprendizagens e peças fundamentais na construção de conhecimentos. O distanciamento social e as escolas fechadas só confirmaram o quanto somos necessários para a sociedade, mesmo que ela pouco nos renda homenagens.

Feliz dia para todos nós!

 

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181