URUGUAIANA JN PREVISÃO
Marisele Pereira Velasques

A casa da gente

Ela pode ser grande e espaçosa, ou pequena e simples, mas sempre será a casa da gente. Ela foi conquistada conforme as condições e o trabalho de nossas mãos. Seja alugada ou própria, é o nosso lugar. Para os adultos deve ser o refúgio de descanso e para os filhos o melhor ambiente para se sentir bem. Precisamos ouvir deles frases como: quero ir para casa, e ver a alegria em seus olhos quando chegam. Eles devem compreender que todos os outros lugares são legais, mas a nossa casa por mais simples que seja, deve ser o melhor para estar.
É ali que planejamos metas, construímos sonhos, organizamos festas e passeios. Onde conversamos, resolvemos problemas e buscamos forças para enfrentar as lutas que se apresentam constantemente em nossas vidas. Mesmo assim, sabemos que com toda a correria cotidiana estamos cada vez menos nela. Algumas crianças e jovens fazem tantas atividades fora da escola, que parecem ser visitas em seus próprios lares. E o que dizer dos adultos? Quando o final de semana chega muitas pessoas querem passear, em feriados longos viajar, mas o ficar em casa não será tão renovador também? Se a resposta for não, a família precisa rever seus conceitos e tentar descobrir se alguma coisa desagradável está acontecendo que dá vontade de sair. Mas se a resposta for sim, aproveite e curta seu lar!
É claro que variar momentos e lugares é bom para recarregar as energias. Mas também se desligar um pouco de tantas responsabilidades e ter um momento revigorante no lugar onde construímos para descansar, faz bem para todo mundo. Ás vezes deixar de arrumar alguma coisa pode em um primeiro momento parecer estressante, só que tudo pode ser resolvido um pouquinho depois. Leia um livro, assista um filme, ouça suas músicas preferidas. Quem sabe convide todos para ajudar na organização? A garotada precisa compreender que faz parte daquele lugar e que se cada um fizer algo ninguém cansa ou se sobrecarrega. Há tantas coisas prazerosas para se fazer com a família em dias que todos estão juntos, como uma comida gostosa ou aquela sobremesa preferida. Basta usar a criatividade.
Com a rotina dos pais os filhos acabam correndo tanto quanto eles e muitos estão em outras atividades como inglês, danças, esportes e tantas outras no horário inverso, mas o que devem aprender e desejar é estar em sua casa. Esse deve ser o lugar que mais encontram alegria, paz, amor, respeito, tranquilidade, segurança e tantos outros sentimentos bons que os fazem sempre desejar permanecer e voltar. O sair deve ser uma vontade e nunca uma necessidade. A rua ou a casa dos outros não pode ser mais interessante que o nosso lar.
Pense nisso!

Sobre nós:

Credibilidade na informação regional e a força de um dos precursores da informação em Uruguaiana. Você também está convidado para fazer parte dessa história.

Telefone: (55) 3402-2782
Endereço: R. Duque de Caxias, 2247 - Centro, Uruguaiana - RS, 97500-181